Respostas imunes contra variantes SARS-CoV-2 após vacinação heteróloga e homóloga de ChAdOx1 nCoV-19 / BNT162b2

Após relatos de eventos tromboembólicos, vários governos europeus recomendaram o uso de ChAdOx1-nCov-19 (ChAd) da AstraZeneca apenas em indivíduos com mais de 60 anos, deixando milhões de indivíduos que já haviam tomado uma dose de ChAd com a difícil decisão de receber uma segunda dose de ChAd ou um reforço com vacinas baseadas em mRNA. No entanto, tais combinações não haviam sido testadas até agora. Esta pesquisa feita no Hannover Medical School monitorou as respostas imunes iniciadas por ChAd antes e 3 semanas após o reforço com ChAd ( n  = 32) ou BNT162b2 da BioNTech / Pfizer ( n = 55). Embora ambas as vacinas aumentem a imunidade induzida, BNT162b2 induziu frequências significativamente mais altas de células T CD4 + e CD8 + e títulos elevados de anticorpos neutralizantes contra B.1.1.7, B.1.351 e P.1 variantes de preocupção (VoC) do SARS-CoV-2.

https://www.nature.com/articles/s41591-021-01449-9

Comments are closed.