Máscaras faciais efetivamente limitam a probabilidade de Transmissão SARS-CoV-2

Neste artigo Cheng et al. mostram de forma convincente que a maioria das pessoas vive em condições nas quais a carga de vírus transportados pelo ar é baixa. A probabilidade de infecção muda não linearmente com a quantidade de matéria respiratória à qual uma pessoa é exposta. Se a maioria das pessoas na comunidade em geral usarem até mesmo máscaras cirúrgicas simples, a probabilidade de um encontro com uma partícula de vírus será ainda mais limitada. Em ambientes internos, onde a circulação de ar é menor e o a concentração de aerossol aumenta, é recomendável o uso de máscaras que protejam contra aerossol como as PFF2 ou N95.

https://science.sciencemag.org/content/372/6549/1439

 

Comments are closed.