Eficácia de uma vacina inativada contra SARS-CoV-2 no Chile

O estudo foi conduzido de 2 de fevereiro a 1º de maio de 2021, e a coorte incluiu aproximadamente 10,2 milhões de pessoas. Entre as pessoas que foram totalmente imunizadas, a eficácia da vacina ajustada foi de 65,9% (intervalo de confiança de 95% [IC], 65,2 a 66,6) para a prevenção de Covid-19 e 87,5% (IC 95%, 86,7 a 88,2) para a prevenção de hospitalização, 90,3% (IC 95%, 89,1 a 91,4) para a prevenção de admissão na UTI, e 86,3% (IC 95%, 84,5 a 87,9) para a prevenção de morte relacionada a Covid-19.

https://www.nejm.org/doi/full/10.1056/NEJMoa2107715

Comments are closed.